Nesta terça, 20 de setembro, encerra o treinamento teórico e prático das 61 pessoas que irão trabalhar nos postos avançados de transmissão do Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão. Assista ao vídeo explicativo acessando o perfil @tremaranhao do instagram.

Denominados de PATs, eles funcionam em municípios que não sediam zonas eleitorais, bem como em locais de votação de difícil acesso.

Egídio de Carvalho Ribeiro Júnior, coordenador de Sistemas e Inovação do TRE-MA, servidor que gerencia o processo de PATs, explica que a utilização deles confere celeridade, transparência e segurança à transmissão dos resultados de votação.

Como ocorre a transmissão

A transmissão dos dados de uma seção de difícil acesso é efetuada exclusivamente por meio de equipamentos pertencentes à justiça eleitoral e o funcionamento é regulamentado através da Portaria Conjunta 22/2022 (formato PDF).

Aos partidos políticos, às coligações, ao Ministério Público e à Ordem dos Advogados do Brasil é garantido amplo direito de fiscalização dos trabalhos de transmissão realizados nestes postos avançados.

Municípios que terão PATs em 2022

Tasso Fragoso, Araióses, Cururupu, Balsas, Anapurus, Carolina, Santo Amaro, Humberto de Campos, Turiaçu, João Lisboa, Cândido Mendes, Godofredo Viana, Alto Alegre do Pindaré, Santa Luzia, Bom Jardim, Santa Helena, Bom Jesus das Selvas, Zé Doca, Governador Newton Bello, Itinga do Maranhão, Centro Novo do Maranhão, Serrano do Maranhão, Morros e Icatu.